jump to navigation

Encontro promovido pelo NTE-Castanhal e a Crônica do Aguiar 02/05/2009

Posted by ctaeseducpa in Uncategorized.
trackback

A 8ª URE de Castanhal, através do NTE, realizou no dia 30/04/2009, no auditório da Escola Agrotécnica Federal de Castanhal, o I Encontro de Informática na Educação, cuja temática foi Tecnologias da informação e comunicação – aliadas no processo educacional.

O evento contou com a presença de gestores, professores, coordenadores pedagógicos coordenadores das salas de informática e alunos dialogando sobre a temática com o gestor da 8ª URE profº Aldenir Rocha o coordenador da CTAE prof. Luis Cavalcante a coordenadora do PROINFO Estadual, prof. Bertolina Silva.

nte1

No primeiro momento foram realizadas duas mesas de debates onde se discutiram a importância do uso das tecnologias como uma ferramenta de transformação das práticas pedagógicas e a importância da capacitação profissional dos educadores para o uso adequado dessas tecnologias como forma de inovar no processo ensino-aprendizagem.

Destaque para o relato da professora Miriã Ohaze, que como aluna do curso Mídias na Educação, colocou suas difiucldades iniciais em curso de modalidade EAD – Ensino a Distância, mas em contra-partida se vê hoje com um maior referêncial teórico ampliado para recriar sua prática pedagógica e assim, transformar o aprender num ato de construção do conhecimento.

No segundo momento, de maior importância, foram reunidos quatro grupos temáticos com a plenária onde foi feito relato de experiências das escolas, com socialização de projetos inovadores que dão certo e buscam contornar os obstáculos para efetivar novas metodologias de construção do conhecimento.

Pelos comentários dos professores e coordenadores pedagógicos ao final do encontro, o evento conseguiu alcançar seus objetivos, contribuindo para divulgar o uso das tecnologias em educação, permitindo que os educadores compreendam o processo de inserção das tecnologias,discutam suas dificuldades, e assim possam buscar soluções coletivas de contorná-los.

nte2

Texto Jamile Galvão

Fotos Nte-Castanhal

__________________________________________________________________________________________

Crônica do Aguiar (Uma Crônica Pós-Moderna)

A FAMA DO PROFESSOR AGUIAR.

O dia 2 de maio de 2009 parecia não ter começado muito bem para o benemérito professor Aguiar. Ás 7 horas entrou em seu packard e conduziu sob uma forte chuva sua querida mãezinha até o Hospital Saúde da Mulher para realizar um exame de ultima geração inventado por seu amigo e discípulo Abreu, a Abreugrafia.

Ao adentrar no hospital dirigiu-se até uma Ana Nery e perguntou aonde seria realizado o atendimento previamente agendado há 5 meses pelo eficientíssimo PAS. A senhorinha solicitou que se sentasse e aguardasse, pois sua ficha era de número 899.

Após, 5 horas de espera, e em função de sua mãezinha está deveras preocupada com o horário de encerramento do jogo de azar, o professor Aguiar incólume se dirigiu até a atendente e se identificou: “Sou o Prof. Aguiar”.

Ao ser identificado houve uma verdadeira comoção no hospital com a diretora descendo pelas escadas treslocada e em 5 segundos sua mãezinha realizou o exame com uma junta médica, que ainda solicitou ao Prof. Aguiar que registrasse no livro dos beneméritos do hospital sua visita, cuja biblioteca leva seu nome.

Em sua residência já acomodada em sua cadeira de balanço Luis XIV, o Prof. Aguiar pensou com seus botões: “Como, quando e onde começou a minha fama?”.

Pois-se a meditar.

Entre tantas façanhas que realizei a mais significativa para a humanidade e para a SEDUC foi a comprovação da minha teoria da anorexia, elaborada em 1905, publicada em 1915 e comprovada em 1919.

Minha teoria sustenta que a matéria (a escola) distorce o espaço e o tempo em suas proximidades. Como uma consequência dessa distorção, um feixe de luz atravessa a SEDUC e, em época de crise, é desviado mostrando o caminho a ser seguido.

Em princípio parece uma axioma confuso, mas me projetou como o maior cientista da humanidade ao provar que meu caro colega Isaac Newton estava equivocado.

Lembro-me como se fora hoje, Davidson, Crommelin e Paulo Freire chegando em expedição ao meu querido Estado do Pará, em 1919, para convidar-me a seguir viagem e comprovar a teoria da anorexia Seduquiana.

Segundo minha própria indicação o melhor local para ver o eclipse, observar a posição das estrelas e comprovar para onde caminha o feixe de luz, seria Sobral, a terra onde nasceu meu paizinho.

Assim, a expedição do Prof. Aguiar chegou a Sobral. Em artigo de Crommelin, publicado em outubro de 1919 na revista The Observatory, há uma descrição da delegação brasileira que recebeu a expedição do Prof. Aguiar em Sobral, composta por autoridades locais, civis e eclesiásticas.

expedicao

Professor Aguiar e seus expedicionários (advinhe)

O Prof. Aguiar e sua equipe de astrônomos ficaram hospedados na casa de férias do deputado Paulo Rocha, situada em frente à pista de corrida do Jockey Club, onde os instrumentos foram instalados.

Ao saber que seu filhinho, Prof. Aguiar, estava hospedado em frente ao jockey a mãezinha levou a falência todos os donos de casa de jogos de azar: “Deu cavalo na cabeça”.

Com o dinheiro auferido ilegalmente sua mãezinha enviou os equipamentos mais sofisticados para seu filhinho, uma vez que um certo Arthur Eddington, estava em Porto Príncipe, na África, tentando usurpar a primazia da comprovação da teoria da anorexia.

Com a aproximação do eclipse, crescia a ansiedade em relação às condições meteorológicas. O Prof. Aguiar, incólume, ergueu o dedo, soprou e revelou aos seus espantados colegas da Real Academia Inglesa que faria um belo sol em Sobral, mas cairia um tromba d’àgua em Porto Príncipe, onde se encontrava seu concorrente.

A teoria foi comprovada. Mais uma vez o Prof. Aguiar tinha razão, conforme afirmaria mais tarde seu aluno de aula de reforço em matemática Einstein.

o_genio

Einstein e Arthur Eddington

Após a divulgação do resultado da comprovação da teoria pelo eclipse de 1919, que mostrava que o feixe de luz indicava para o prédio da SEDUC , no Estado do Pará, o London Times publicou na primeira página “Revolução na Educação: Prof. Aguiar X Newton” e o New York Times: “A teoria do Prof. Aguiar triunfa”!

Apesar do grande feito realizado o Prof. Aguiar se ressentia de sua teoria não ter ainda sido expressa semioticamente de forma clara e precisa, até que soube pelo jornal a Província do Pará que a grande alquimista professora Orca de Bragança, a mesma que conseguiu exterminar o gabiru que insistia em entrar em seu baú hermeticamente fechado, havia decodificado e anunciado ao mundo o significado mais claro da sua fórmula E= MC

“Assim como a estrela anunciou o nascimento de Jesus o feixe de luz da teoria da anorexia indica que o melhor caminho a seguir no período de crise seduquiana é ir para a escola. Assim afirmava minha grande ex-pupila Orca a Assis Chateaubriand.

Realmente tudo é muito simples. Teorizei anos e não percebi que a melhor descrição para a minha fórmula é: E, significa escola, M, melhor, C, caminho, esses três aspectos elevado ao quadrado.”

Vejam a fórmula:

formula

Sinto muito que alguns colegas da minha amada secretaria se decepcionem com a minha conclusão, mas a ESCOLA É O MELHOR CAMINHO!!!!!!!

__________________________________________________________________________________________________________

Um blog – resultado do trabalho do NTE-Marabá, que recomendamos a leitura:

Escola Caic de Marabá: http://informeducaic.blogspot.com/

__________________________________________________________________________________________________________

A famosa e criativa professora Orca se superou com o trabalho utilizando maquete:

Leia em http://lelaorca.blogspot.com/2009/04/maquetes-2009_25.html

__________________________________________________________________________________________________________

Comentários»

1. ctaeseducpa - 02/05/2009

Á Coordenação da Ctae,
Caro prof Aguiar, fiquei um pouco confusa ao ler sua brilhante crônica. Como sou uma pedadoga prestes a me aposentar não tive oportunidade de, talvez interesse,em me aprofundar um pouco em teorias pedagógicas.
De tudo que o Sr. escreveu acho que o mais importante é a descrição da fórmula:A Escola é o Melhor Caminho.
Gostaria de saber quando os servidores lotados na sede da SEDUC vão aparecer na escolas.
Estou esperando minha aposentadoria e até agora ainda não vi nenhuma Pedagoga se apresenta para o meu lugar.
Será que esqueceram de mim?
Égua- Minha- Carreira chegou ao fim.
Mandem os Funcionários para á escola!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: